terça-feira, 29 de maio de 2012

Imagens históricas da cidade de Teófilo Otoni-mg


Teófilo Otoni MG - 1977

 Enviado por thegramofone em 17/10/2011

 Recepção do governador Ozanan Coelho pelo prefeito de Teófilo Otoni, Wander Lister. Visita às futuras instalações da fábrica de leite em pó da CCPL, às futuras instalações da fábrica de sal mineralizado da CAMIG, além da abertura presidida pelo governador do estado da 10ª Exposição dos Vales do Mucuri, São Mateus e Jequitinhonha no Parque Escola Antônio Corrêa Marques.


 Teófilo Otoni MG - 1957 aprox.






 
  Enviado por thegramofone em 02/11/2011

O filme mostra a o cotidiano da família do senhor Joaquim Ribeiro Sadi, em casa , nas ruas, mostra os diversos edifícios da cidade na época, crianças , mulheres, o mercado municipal, o Cinema, a praça, os familiares em casa, as mulheres na janela; o jogo de futebol, em diversos momentos com jogadores fazendo gol; o filme começa mostrando um caminhão de mercadoria chegando na cidade e passando pelo pedágio na entrada da cidade Produção Senhor Joaquim Ribeiro Sadi 

Teófilo Otoni MG - 1957 aprox
 Enviado por thegramofone em 02/11/2011

 O filme mostra as comemorações da Semana Santa em 1957 (data aproximada) da cidade de Teófilo Otoni, Minas Gerais; ao longo das ruas os tapetes são confeccionados pela população e mostram as cenas do calvário de Cristo, crucificado na cruz, o pai o Filho e o Espírito Santo. Toda a população participa das crianças vestidas de anjo e de branco as mulheres, os homens os militares e os representantes da igreja católica teofilo otoni 


Teófilo Otoni MG - 1957 Aprox.



 Enviado por thegramofone em 03/11/2011
 O filme mostra a construção do Cine Metrópoles em 1957 por seu construtor e proprietário o Senhor. Joaquim Ribeiro Sadi. O filme retrata diversas etapas da construção. As formas de construir da época, com formas de madeira para enchimento com cimento e argamassa, pedreiros com chapéu de palha
TEOFILO  OTONI PARTE 1

 
 Enviado por JCQNUNES em 01/10/2011
 Veja a história de Teófilo Otoni, em fotos que retrata a nossa cidade do seu
 inico ate os dias de hoje.
 TEOFILO OTONI PARTE 2  
Enviado por JCQNUNES em 01/10/2011
 TEOFILO OTONI DE FORMA ESPECIAL COMO VOCÊ NUNCA VIU......


 TEOFILO OTONI PARTE 3
Enviado por JCQNUNES em 01/10/2011
 Aqui você vai encontrar fatos importantes da história da nossa cidade...
 TEOFILO OTONI PARTE 4 FINAL......
Enviado por JCQNUNES em 01/10/2011 
 ESTA FOI A DEMOSTRAÇÃO DA NOSSA LINDA CIDADE........

Arma apreendida (Ocorrências)

Arma de uso restrito é apreendida de caçadores em Bandeira

Carabina calibre 44 e uma espingarda foram apreendidas BANDEIRA – Duas armas foram apreendidas de caçadores na manhã desta quinta-feira, 24, na zona rural de Bandeira/MG, no Vale do Jequitinhonha. As armas foram encontradas abandonadas em meio ao matagal. Os caçadores ainda não foram localizados. Uma das armas encontradas era uma carabina calibre 44 de uso restrito, a outra arma se tratava de uma espingarda polveira. Em uma fazenda, um morador ao perceber os cachorros latindo saiu para averiguar o que se tratava e deparou com dois caçadores. Insatisfeito, o morador acionou a Polícia Militar. Segundo o morador, os caçadores estavam em uma represa localizada próximo ao fundo da residência onde existem diversas capivaras e outros animais silvestres. No local, os policiais militares encontraram apenas as armas, munições e apetrechos de recarga abandonados em meio ao mato. Segundo os militares, provavelmente os caçadores evadiram ao avistarem a viatura. Rastreamento começaram a procurar os caçadores, no entanto, até o momento eles ainda não foram localizados. As armas foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil em Almenara.
Carabina calibre 44 de uso restrito estava em poder de caçadores


Alugam casa para vender crack e vão presos


Mais uma apreensão de crack na cidade de Jequitinhonha JEQUITINHONHA - Um adolescente de 17 anos foi apreendido por traficar drogas num imóvel alugado por ele. A polícia localizou o rapaz na casa com um comparsa, que ainda não foi localizado. No local foram encontradas 159 pedras de crack e materiais para preparar a substância para a comercialização. Prisão Durante o patrulhamento, policiais militares deparam com o adolescente em atitude suspeita. Ao realizar buscas nele, a chave da residência foi encontrada no bolso. De posse da chave os PMs foram até a casa, e lá encontraram as pedras de crack, além de três buchas de maconhas enterradas sob um pé de banana. O crack estava embalado em ‘dolinhas’, pronto para a venda. Os militares já tinham informações que o adolescente, juntamente com outro companheiro, alugaram a casa para servir de boca de fumo. O adolescente foi encaminhado para a Delegacia juntamente com o material apreendido. O homem que estaria associado ao tráfico de drogas com o adolescente ainda não foi localizado.
Além das 159 pedras de crack foram encontradas três buchas de maconhas enterradas sob um pé de banana 



Lavrador tenta atravessar rio a nado e se afoga


ARAÇUAÍ – Uma equipe do Corpo de Bombeiros localizou o cadáver de Edvaldo de Jesus, 47, nas águas do rio Araçuaí, nas imediações da zona rural do município. O lavrador se afogou na localidade conhecida por Piabanha, na área rural. De acordo informações dos Bomberios, o lavrador cuidava de uma plantação numa propriedade da região, e se afogou no final do trabalho, quando atravessava o rio em direção à sua casa, situada na comunidade dos Martins. Ele não conseguiu fazer a travessia à nado e se afogou. A vítima foi encontrada boiando na região de Piteiras, a 2 km abaixo do local do acidente. O corpo do lavrador foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Itaobim e após exames liberado para sepultamento. 
 
 
 
 

Comandante reúne com delegado da Policia Civil

TEÓFILO OTONI – Representantes da Polícia Civil e Militar participaram de uma reunião na tarde de ontem (25), na 1ª Delegacia de Policia Civil. Esteve no encontro, o tenente coronel Ducler Costa Júnior, Comandante do 19º BPM, acompanhado do capitão Ivonil de Souza Campos e ainda o delegado Alberto Tadeu. Na oportunidade, foram tratados assuntos relativos à segurança pública e a integração das forças de segurança no combate a criminalidade e promoção da paz social em Teófilo Otoni.
 
 Fonte:
 

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Criança desaparecida em Valadares foi assassinada

Pelo pai junto com a mãe

Segundo a polícia, o amante de Renata Aparecida Leite simulou um assalto para executá-la e estrangulou a filha

Foto: divulgação policia civil Criança desaparecida em Valadares foi assassinada pelo pai junto com a mãe
Breno Soares de Oliveira é apontado como o mandante do duplo assassinato
Fim do mistério. A polícia descobriu que a menina Nívia Victória Leite, de 2 anos, também foi assassinada. Ela estava desaparecida desde 31 de janeiro deste ano, quando sua mãe, a cabeleireira Renata Aparecida Leite, 25 anos, foi encontrada morta. O crime ocorreu em Governador Valadares, Leste do Estado.
 
O principal suspeito do homicídio é o pai da criança, o agente penitenciário Breno Soares de Oliveira, de 31 anos, que está preso.


Segundo a polícia, o agente é casado, pai de dois filhos e estava sendo chantageado pela cabeleireira, que ameaçava contar à mulher dele sobre o relacionamento extraconjugal. Dois comparsas que teriam participado do crime também estão presos.



O corpo da cabeleireira foi encontrado com marcas de tiros e facadas em um local ermo do Distrito Industrial, na manhã seguinte ao seu desaparecimento. Como ela havia saído de casa com a filha, as buscas se concentraram na procura pela menina.

Em abril, reclamando demora nas investigações, a família da cabeleireira ofereceu R$ 5 mil de recompensa a quem desse pistas sobre o paradeiro da criança.
Na última segunda-feira (21), durante as investigações que contaram com quebra de sigilo telefônico e bancário, a polícia chegou a Luciano Félix Rodrigues, de 23 anos, que confessou e desvendou toda a trama.


Segundo o delegado da Homicídios, Clériston e Amorim, o rapaz contou que foi convidado por Henrique Gerônimo Alves, de 27 anos, amigo de Breno, para matar Renata. O crime foi premeditado.

 
A polícia descobriu que no final de semana que antecedeu o duplo assassinato, Breno ligou para Renata 37 vezes para convencê-la a sair com ele.
 
Segundo o delegado, Renata era boa mãe e evitava sair de casa quando a filha vinha de São Geraldo de Tumiritinga, onde era criada pelos avós, para passar o final de semana com ela.
 Fonte:
http://www.gazetadearacuai.com.br/home/


 
 
Obs.: e por causa de vermes igual a essa figura ai que eu sou a favor Da PENA DE MORTE e em especial

cadeira eletrica, E se vermes pensassem eu pediria desculpas para eles, pois uma criatura desse e até um elogio ser chamado de verme...


Estudantes da UFVJM fazem reivindicação

 Por seus direitos.......
Manifestação dos estudantes UFVJM
Publicado em 25/05/2012 por jhonisleno
 Esse vídeo foi feito pelo acadêmico Jhon Isleno, que esteve presente no local apoiando
 o movimento dos estudantes!




 Manifestação dos alunos da UFVJM em frente a prefeitura no dia 23/05/2012

Entre as reivindicações, está agilidade em alguns serviços da instituição.

A concentração dos estudantes e professores foi numa praça no centro da cidade. Em assembleia, realizada na última terça-feira, alunos de todos os cursos, da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, decidiram, por maioria dos votos, paralisarem as atividades acadêmicas. Um dia depois, foi a vez dos professores. 72 horas depois da notificação, a reitoria da UFVJM, a greve teve início nesta sexta-feira. Na pauta de reivindicação dos professores, está a luta por um plano de carreira da categoria e outros pedidos.


Muitos alunos participaram do ato público, alguns caracterizados. Outros fizeram barulho. Eles também querem melhorias na universidade.


Depois, com faixa e cartazes, saíram às ruas. Fizeram uma passeata para chamar a atenção da população. A manifestação foi tranquila. Mesmo assim, a polícia militar acompanhou a passeata.


Em todo o Brasil, são 40 universidades federais paralisadas.
 Desse total, em 23 instituições, apenas os estudantes aderiram à greve. No campus da UFVJM aqui em Teófilo Otoni são 13 cursos. Os 105 professores e os dois mil alunos cruzaram os braços. Mas o setor administrativo funciona normalmente.


A paralisação é para que aconteça mudanças na estrutura do polo de Teófilo Otoni. Segundo os estudantes, há descaso por parte do governo. Alguns profissionais estariam trabalhando em condições ruins. Além disso, haveria demora em obras importantes, como a reforma do principal acesso de entrada e ampliação do acervo da biblioteca. Eles cobram também a ampliação de vagas através da realização de concurso público. O diretor do Instituto de Ciência e Tecnologia, Carlos Henrique Alexandrino, diz que a paralisação não deve atrapalhar o cronograma das atividades.


A greve segue por tempo indeterminado.
 Em relação aos problemas de acesso, citados na reportagem, a Viação Vale do Mucuri, responsável pelo transporte público, informou que nos dias úteis letivos, são disponibilizadas 40 viagens para o Campus da Universidade de Teófilo Otoni, de 6h às 23h20. E disse, ainda, que o aumento do número de linhas será avaliado.



 
Alunos e professores da UFVJM realizam ato em defesa da greve Cerca de 200 pessoas entre docentes, técnicos e discentes dos cursos da Facsae e ICET da Universidade federal dos VAles do Jequitinhoanha e Mucuri (UFVJM)participaram da manifestação. Foto: DT Alunos e professores da UFVJM realizam ato em defesa da greve Manifestantes percorreram as ruas do centro de Teófilo Otoni Alunos e professores da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) participaram na tarde de quinta-feira (24/05) de um ato público pelas ruas de Teófilo Otoni. Cerca de 200 pessoas entre docentes, técnicos e discentes dos cursos da Facsae e ICET da Universidade federal dos VAles do Jequitinhoanha e Mucuri 

(UFVJM)participaram da manifestação. Com gritos de ordem, caras pintadas, erguendo faixas ou cartazes, ou mesmo, entregando panfletos, o grupo conseguiu o objetivo, que foi chamar a atenção da sociedade local para as mazelas enfrentadas diariamente na universidade federal da cidade. Segundo o professor Fernando Leitão presidente da Associação de Docentes do Mucuri, os institutos federais em todo país vivem um momento muito importante, inclusive em Teófilo Otoni, que se consolidou no movimento de greve. “A Associação de Docentes do Mucuri seção sindical do Andes teve êxito em sua última assembléia e deflagramos a greve.Neste sentido, uma de nossas ações consiste em apoiarmos o movimento dos alunos que decidiram pela paralisação. A manifestação na tarde de quinta-feira visa sensibilizar a opinião pública, os moradores de Teófilo Otoni, para a necessidade de nós melhorarmos a universidade federal. Ela não pode ser apenas uma universidade pública, ela tem que ser de qualidade.

 As nossas reivindicações enquanto professores se somam às reivindicações dos nossos alunos. Gostaria de deixar claro que a luta dos professores não é uma luta por reajuste salarial, nós lutamos por um plano de carreira decente para a categoria, melhores condições de trabalho, que a gente melhore o acesso à universidade, porque quando chove é impossível chegar ao campus. Lutamos para construção de um restaurante universitário, também lutamos para que a moradia dos estudantes seja construída o mais rápido possível”, afirmou.
 Resposta do governo 

 De acordo com o professor Fernando Leitão, na última quarta-feira, o governo sinalizou negativamente à greve que se espalha nos institutos federais em todo país. “O ministro da Educação, Aloísio Mercadante, afirmou que não iria conversar com os grevistas. Isso causou uma indignação e revolta muito grande na nossa categoria, porque nós sabemos que o Mercadante é um professor universitário, ele foi presidente de seção sindical e ele já teve do outro lado da trincheira. Neste sentido, haverá uma reunião nacional no próximo dia 28 com o governo, onde nossa proposta será novamente apresentada.

 Caso haja uma negativa do governo, a tendência é que o movimento grevista cresça ainda mais”, explicou o docente. O presidente da Associação de Docentes do Mucuri disse que hoje são 44 universidades federais que aderiram à greve, inclusive a UFRJ, a maior instituição federal do país. Ainda segundo Fernando Leitão, mesmo a UFVJM sendo uma única universidade federal, existem duas seções sindicais, sendo uma em Teófilo Otoni e outra em Diamantina, fazendo com que haja especificidades nas reivindicações de um campus para o outro. “Aqui em Teófilo Otoni nós formamos uma comissão que está levantando todos os nossos problemas estruturais, a falta de extintores, a precarização de acesso na universidade, o acervo da biblioteca, restaurante universitário e contratação de professores. Todas essas pautas serão formalizadas num documento e encaminhadas juntamente com a outra seção sindical de Diamantina para a reitoria. 

Existem questões que são diretamente da universidade que precisam ser resolvidas com o reitor. No que tange a Teófilo Otoni nós sabemos que existem algumas obras que são de competência da Prefeitura. Tentaremos o diálogo amigável, fraternal com os membros do poder público local, no sentido que as obras de acesso que são de competência da Prefeitura sejam realizadas o mais rápido possível”, concluiu.
 Discentes

 De acordo com os organizadores, o Ato Público objetivou unificar os discentes, docentes e a sociedade na luta por melhorias na Educação, principalmente na UFVJM Campus Mucuri. 

Temos um total de 17 pautas, dentre elas, a construção do restaurante universitário, transporte público de qualidade, acesso ao campus, além de outras reivindicações. Nosso manifesto foi pacífico, onde nosso objetivo foi deixar público nossas pautas de reivindicações”, informou Fernanda Novaes, representante dos discentes no evento. A prefeita de Teófilo Otoni, Maria José (PT) não se manifestou sobre as reivindicações dos estudantes e professores da UFVJM, principalmente quanto ao acesso ao campus da universidade.

Fonte:
Intervenção na Prefeitura do Ato Público
Publicado em 25/05/2012 por Greve UfvjmTO 
 Intervenção na Prefeitura Municipal finalizando o Ato Público em Teófilo Otoni organizado por estudantes e professores da UFVJM - Campus do Mucuri. Imenso destaque para a organização dos alunos! Lama mia_UFVJM Mucuri 2012 Publicado em 17/05/2012 por vajuliana 
Situação do acesso da UFVJM Campus do Mucuri, em Teófilo OToni, no período de chuvas. Desde 2009 a comunidade acadêmica luta pelas melhorias do acesso.

domingo, 27 de maio de 2012

Lula 2002, o sabor da vitória................

Breve História do ex-presidente Luiz Inácio LULA da Siva

 Fotos que mostram a história do ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva, da infância pobre em Garanhuns, interior de Pernambuco, passando pela fundação do Partido dos Trabalhadores, as Diretas Já, até a eleição em 2002 para presidente da república.

Lula 2002, o sabor da vitória. 

  Enviado por augusto65 em 07/09/2010 5 horas da tarde. 27 de outubro de 2002

As urnas são fechadas e a pesquisa de "boca-de-urna" é liberada: Lula está eleito. O vídeo é um trecho do documentário "Entreatos" de João Moreira Salles. Lula comemora com os assessores mais próximos, com Marisa sempre presente, com os netos, com os funcionários do prédio onde estava em São Bernardo... Por fim senta-se no chão em frente à TV, recosta a cabeça em Marisa e, provavelmente, reflete sobre o que agora o espera. Afetuoso.

  Comovente. LULA 2002 RELEMBRE.  

 

Homenagem ao Presidente Lula - Naquela Mesa
Enviado por rgscunha em 31/10/2010 Parabéns Presidente por ter permitido o povo voltar a ter orgulho e respeito de ser brasileiro.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Indiciado por dois assassinatos, filho do ex-prefeito

 De Itaobim fica preso por 1 dia

Alexandre Fernandes, 42 anos, responde a dois processos por assassinato. O delegado de Monte Azul, norte de Minas, indiciou o filho do ex-prefeito pela morte de um homem em 2004. Alexandre matou a tiros em 2006, um policial militar. Preso no último domingo, ficou menos de 24 horas na prisão

  Indiciado por dois assassinatos, filho do ex-prefeito de Itaobim fica preso por 1 dia
Delegado de Monte Azul indiciou Alexandre Fernandes por outro assassinato
Dor, revolta e indignação. Estes foram os sentimentos da professora Ildete Batista Sousa, 55 anos,  ao tomar conhecimento que Alexandre Fernandes, 42 anos,  assassino do seu filho, tinha sido libertado após ficar menos de 24 horas na prisão.
 
“Na cadeia tem muitos assassinos como ele que não  tem o privilegio que ele está tendo. A Justiça não trará meu filho de volta, mas eu quero que ela seja feita. O assassino do meu filho é hoje um  vivo morto porque sei que ele também não está tendo vida, paz e tranqüilidade.Creio que Deus fará a Justiça”, desabafou a professora, que é evangélica.
 
Alexandre Fernandes Medeiros Ribeiro, 42 anos, filho do empresário e ex-prefeito de Itaobim(MG), José Fernandes,  matou a tiros de pistola  em abril de 2006 o policial militar Emerson de Sousa Nascimento, à época, com 29 anos.
 
 O crime ocorreu numa danceteria de Itaobim após uma discussão por causa de uma ex-namorada de Alexandre que o policial estaria namorando.
 
“Meu filho era um agente da lei, um homem bom. Meu coração está dilacerado para sempre”, afirma a professora Ildete Batista. “  Vivo em depressão e não consigo sequer trabalhar como antes”, conta a professora.
 
Após o crime, Alexandre desapareceu de Itaobim e região.
 
 Foi preso seis anos depois,  na madrugada de domingo (20/05), após denúncia anônima que avisou a polícia que ele estaria se divertindo no parque de exposições de Itaobim, durante a festa da vaquejada.
Contra ele, havia um mandado de prisão expedido pelo  juiz da Comarca de Medina, Arnon Argolo Matos Rocha.
Ele reagiu à prisão, tentando fugir juntamente com o irmão Fabiano Fernandes, 38 , que pilotava uma caminhonete Triton. No interior do veículo foi encontrado um revólver 32 carregado.
Os dois acabaram presos.
Após pagar fiança de um salário mínimo, Fabiano foi libertado. Ele foi  indiciado por posse ilegal de arma e desobediência.
 O mesmo juiz que expediu o mandado de prisão, deu liberdade  também `a Alexandre que, assim como o irmão, ficou menos de 24 horas preso na cadeia de Itaobim   .
Alexandre é indiciado em outro crime de assassinato.
O filho do ex-prefeito possui uma ficha criminal que inclui lesão corporal, ameaças, perturbação da tranqüilidade   e assassinatos.
O delegado de Monte Azul, no norte de Minas, Mauro Ricardo Guimarães Pinho, indiciou Alexandre Fernandes em março de 2011 , pelo assassinato de Eusébio Soares Queiroz que desapareceu de Itaobim e foi encontrado morto tempos depois. O crime teria ocorrido em 2004 e  Alexandre é apontado como mandante do assassinato ( inquérito 753/940)
Após matar o policial Emerson de Sousa, a Justiça expediu  três mandados de prisão contra Alexandre. Dois deles foram suspensos após ele se apresentar no Rio de Janeiro.
De acordo com a Polícia Militar, o último mandado de prisão expedido contra Alexandre foi pelo não comparecimento a uma audiência com o juiz da Comarca de Araçuai (MG), relativa ao assassinato do policial. Após prestar depoimentos, o juiz Arnon Argolo determinou o relaxamento da prisão.
Alexandre responderá pelos crimes em liberdade.
 
 

Fonte:







26ª CIA/Itaobim prende matador de policial


Policiais da 26ª Cia Ind de Itaobim prenderam neste fim de semana, durante a 3ª Festa do Vaqueiro de Itaobim, Alexandre Fernandes de Medeiros Ribeiro, suspeito do assassinato do Policial Militar SD Emerson de Souza Nascimento, de 29 anos, no dia 24/o4/2006. Os policiais foram atrás do matador após denúncia de que ele estaria no evento. Alexandre, que é filho de ex-prefeito da cidade, tinha um mandado de prisão pelo homicídio. (REDS 2012.001031814-001)
Relembre o caso 

Filho do ex-prefeito de Itaobim é acusado de matar policial - 24/04/2006 – 10:38
Policial assassinado visitava seus familiares em Itaobim
O policial militar, Emerson de Souza Nascimento, 29 anos, foi assassinado na madrugada de ontem na cidade de Itaobim com cinco disparos de arma de fogo. Segundo as primeiras informações, os tiros teriam sido dados por Alexandre Fernandes, filho de José Fernandes, ex-prefeito do município. O soldado, que trabalhava no 30° Batalhão da Polícia Militar de Uberlândia(MG), estava a passeio na cidade de Itaobim onde residiam seus familiares.Testemunhas informaram que a namorada do PM foi abordada por um homem no interior de uma danceteria, fato que não agradou o militar iniciando ali uma forte discussão entre os envolvidos. Ao sair da casa noturna por volta das quatro horas da manhã, Émerson levou sua namorada para casa e no retorno foi atacado por Alexandre.O assassino sacou de uma arma e atirou contra a vítima que estava desarmada.O soldado foi socorrido por populares e conduzido ao hospital de Itaobim mas devido aos graves ferimentos foi transferido para Teófilo Otoni, mas faleceu no meio do caminho. A polícia ainda não tem informações sobre o destino do autor do crime.



 
Pelo que eu vejo a família do assasino e muito influente na cidade de Itaobim, pois um sujeito com essa lista de crimes e matador de policial ainda solto.

Será eu não existe justiça nessa cidade sem lei



Eu digo que a captura, prisão do matador e soltura depois sem a justiça tomar nenhuma providência e como se. O profissional da segurança pública fosse morto mais uma vez, pois a família com certeza tem que encontrar com um elemento desses na rua sabendo que a justiça esta falhando em executar o seu papel de punir com rigor casos como esse onde quem esta presa e a família que não ver a justiça sendo feita pelo poder judiciário. Que nesse caso se omite.
Ele a vitima nunca mais vai voltar, mas fica a família desolada esperando algo que aparentemente não vira.
Pois a justiça se calou perante o crime e nos fazendo acreditar que realmente a justiça tem olhos bem abertos..

 
E eu digo que a família tem que acreditar na justiça divina. Pois a terrestre costuma falhar na maioria das vezes...
Eu não conheço família e nem a vitima, mas fico imaginando como seria se eu fosse parente deles... E melhor eu nem imaginar.....!

 
Isso é Uma Vergonha!

I