domingo, 27 de novembro de 2011

Compeonato sub 17 (Teófilo otoni MG)


 O jogo foi realizado no campo do concórdia ( estádio Laércio costa) O verdâo da colina 

 

   Pelo jeito o campeonato sub 17 o time do concórdia se deu bem esmagando o time de Campanário  aos 20 minutos do segundo tempo com um golaço.E colocando final par as chances de virada do time visitante que aceitou não muito contente com a vitória neste domingo à tarde...

Agora e só esperar o próximo jogo onde os dois times possivelmente se encontraram para ver quem e realmente o melhor...

PCPR LIBERA R$ 2 MILHõES PARA O VALE DO MUCURI

2011-11-24
TEÓFILO OTONI – O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas (Sedvan), libera, nesta sexta-feira (25), recursos para o Projeto de Combate à Pobreza Rural (PCPR/MG) nos Vales do Mucuri e São Mateus.
Serão assinados, pelo secretário de Estado da pasta, Gil Pereira, 58 convênios, que totalizam R$ 2 milhões em recursos, beneficiando cerca de 2,5 mil famílias, de 33 municípios da região. Os investimentos, não reembolsáveis, destinam-se a iniciativas de natureza produtiva, social e de infraestrutura básica.
Com as assinaturas de convênios desta sexta-feira, o Governo do Estado, por meio da Sedvan, totaliza, em 2011, a liberação de R$ 16 milhões para execução de 535 subprojetos destinados ao atendimento de 26,8 mil famílias dos vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas.
O evento acontece às 10 horas, no Clube Libanês - Teófilo Otoni, em Teófilo Otoni. Os municípios contemplados são: 


Assinatura de convênios do PCPR/MG no Vale do Mucuri
Data: 25/11/11 (sexta-feira)

Teófilo Otoni
Horário: 10h - Local: Clube Libanês - Teófilo Otoni

Av. Getúlio Vargas, 400 – 2.º Andar
Teófilo Otoni – MG
 
 

HOSPITAL SãO LUCAS PODERá SER REABERTO

2011-11-25
 O Ministério da Saúde estuda possibilidade de reativar a unidade hospitalar 

TEÓFILO OTONI – O futuro do Hospital São Lucas continua incerto. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Eduardo Tertuliano, o leilão e a conseqüente venda do prédio para a empresa Auto Giro, de Governador Valadares, despertou a atenção do MS, que se solidarizou com o fato do município perder a casa de saúde. “Temos discutido junto ao Ministério a questão do Hospital São Lucas. No último dia 08 de novembro participei de uma audiência com Helvécio Guimarães, secretário nacional de Atendimento à Saúde, para tratar justamente da possibilidade de reabrir a unidade, com a parceria do Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde”, afirmou.
Tertuliano ainda sinalizou que nos próximos meses, a discussão será aprofundada, inclusive novas reuniões serão agendadas, a fim de resolver o impasse.
“A situação da perda do hospital sensibilizou o Ministério da Saúde, e de antemão eles sinalizaram favoravelmente a ajudar o município. Devemos ter uma agenda um pouco extensa para tratar deste assunto. Teófilo Otoni busca formas para não perder os leitos do hospital, que interessam e muito a cidade. Esta é uma proposta que está sendo bem tratada, mas precisamos caminhar um pouco nessa discussão para conseguirmos de fato anunciar a reabertura do Hospital”, finalizou Eduardo.
 
Fonte:
 

sábado, 26 de novembro de 2011

Fiscalização apreende (Ocorrências)

  produtos de ambulante...

 Imagem meramente ilustrativa...

 Eu fui neste sábado em um açougue e acabei presenciando um comentário a respeito da fiscalização da prefeitura que na ultima quarta feita fez uma verdadeira caça as bruxas como tem feito ultimamente com os ambulantes locais. (Perseguição aos Ambulantes ). Que por não terem um trabalho fixo partem para o serviço informal para manter a sua cesta básica e sustentara a sua família...

E o fato foi que um senhor que trabalha de ambulante naquele local (Próximo à rodoviária) Diz que há dois anos ele exerce essa profissâo para o seu complemento salarial. Se e que ele e aposentado !

E o acontecido foi que a fiscalização apreendeu o seu ganha pão (Uma cesta de salgados) complicando ainda ais o seu estado, pois se ele for o dono dos salgados ele terá um prejuízo. Pois o retorno não e muito e ainda mais ele ver recolhido o seu sustento e ter que novamente comprar seus produtos para de novo produzir material (Os salgados) para novamente comercializar.

 E se os salgados forem de outra pessoa ele terá possivelmente que ressarcir o prejuízo

De algo que ele não vendeu mais que foi retirado de seu poder sem um mínimo de Bom senso  por parte das autoridades que estavam no momento fiscal e possivelmente a policia militar que quase sempre estão dando apoio para a Injustiça ...

Eu sei que essa ação não e crime, mas para o lado humano cheira Injustiça  em retirar de ambulantes humildes sua única possibilidades de sustento retirando assim das ruas quem quer trabalhar honestamente não viver as margens da lei...

Obrigando quem queira viver legalmente a mudar de opinião aceitando que viver dignamente e difícil partindo para a criminalidade e fazendo parte das estatísticas que o crime e o recurso para quem e excluído da sociedade...

Um prato cheio para o crime...

Esse estilo de fiscalização faz valer a lei, mas em uma cidade e região onde não há indústrias ou empresas de grande porte para combater a informalidade...

Mas não se esquecendo que a cidadania e fundamental para o cidadão de bem que para os seus impostos.
E eu digo que mesmo com esse método de fiscalização municipal
Isso deveria ser analisado.
Mas eu ainda prefiro acreditar que a nossa prefeita não esta ciente desses fatos que estão acontecendo e os métodos utilizados pela sua equipe de fiscalização.

Pois ela foi eleita para governar para todos e olhar para os menos favorecidos...





Obs.Nem a idade do senhor foi respeitada pelos ditos fiscais e autoridades

Como será que esses profissionais (Policia e fiscais) podem conviver com isso! Chegar em sua casa e contar o que realmente fez durante o dia....para  a sua família..será que os seus familiares teriam orgulho desse gesto.....!
                                                                                                                        

 Pois ela e do PT e o programa Fome Zero . E a Maior plataforma de governo do Pt que tem prefeita e a presidente no poder...

 
E você que visita a minha pagina o que acha desse fato? Comente ou dê a sua opinião...



Terça-feira, 8 de novembro de 2011

Traficante que ameaçou juiz e promotor em Teófilo Otoni é encontrado morto na cadeia



O detento Geús Boeki foi encontrado morto em uma cela da Penitenciária de Segurança Máxima de Francisco Sá, no norte de Minas Gerais. Ele foi localizado com uma corda (uma “Tereza”) no pescoço.
Segundo a administração da penitenciária, o detento sofria de diabetes e nos últimos meses apresentava sintomas de depressão crônica. Boeki possuía uma ficha criminal extensa com delitos como tráfico de drogas, homicídios contra duas pessoas e porte ilegal de armas. E ainda, ele era um dos homens suspeitos de integrar o grupo que tramava assassinar o promotor Hélio Pedro Soares e o juiz de direito Flávio Prado Kretli, ambos do 1º Tribunal do Júri. Também foi julgado recentemente pela morte de uma mulher conhecida por “Ciganinha” em um bar na avenida Francisco Sá.
O delegado Alberto Tadeu Cardoso de Oliveira informou que levantamentos estão sendo feitos para apurar o caso. “Ele foi encontrado morto com indícios de asfixia por enforcamento e os levantamentos para apurar as circunstancias reais de sua morte estão sendo realizadas. Nós sabemos que a segurança naquele presídio é rigorosa e acreditamos que nos próximos dias teremos informações sobre o que aconteceu com o detento. As primeiras informações seriam de auto-extermínio, mas segundo dados ele estaria apresentando indícios de depressão acentuada”, destaca ele.
O corpo do traficante será encaminhado para Teófilo Otoni, mas ainda não há previsão de chegada.
Outros
Além do traficante, outros bandidos de Teófilo Otoni estão detidos. Entre eles, Ângelo Gonçalves de Miranda Filho, o ‘Ângelo Pezão, e Bruno Rodrigues de Souza (‘Bruno Quén-Quen) que foram transferidos da penitenciária se segurança máxima Nelson Hungria, em belo Horizonte. A mudança aconteceu no final da semana passada.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Constrangimentos na porta giratória dos bancos podem gerar processo


A situação é comum. Na porta do banco uma fila se forma enquanto um cliente vasculha
a bolsa em busca de carteira com fecho em metal, porta-moedas, cartela de remédio, 
sombrinha, óculos, celular, computador e qualquer outro produto com metal responsável 
pelo travamento da porta.
A situação constrangedora foi vivida pela professora Ana Melech. Ela conta que tirou 
todos os itens com metal da bolsa, mas a porta não destravou. Após minutos de 
constrangimento e reclamações dos outros usuários que queriam entrar ou sair do
banco, ela tomou uma medida extrema e virou a bolsa do avesso. "Tudo o que tinha
dentro caiu e se espalhou e só tinha papel. Mesmo assim, a porta não destravou. 
Foi uma situação muito constrangedora", conta.
A professora explica que já havia mostrado o conteúdo da bolsa ao segurança e a sua
entrada não havia sido permitida. A situação teria sido agravada por atitudes grosseiras 
do funcionário ao prestar o atendimento. A entrada da usuária só foi liberada após a 
chegada da gerente da agência. "É uma questão de respeito ao consumidor. Os bancos 
precisam regular a porta para que a sensibilidade adequada que não cause tantos
constrangimentos", reclamou Ana.
Procon-PR esclarece
A presença dos detectores de metal nas portas dos bancos é prevista em lei, mas de acordo 
com a advogada responsável pelo setor jurídico da Coordenadoria Estadual de Proteção
e Defesa do Consumidor (Procon/PR), Marta Favreto Paim, a medida de segurança não
pode significar constrangimento ao consumidor.
"O que tem que ficar bem definido é que não se pode proibir o banco de usar um 
equipamento de segurança, que existe para garantir a segurança do próprio usuário,
mas tem que ficar claro que o consumidor não pode ser exposto ao ridículo ou constrangido
", explica.
Segundo a advogada, o segurança tem o direito de pedir para verificar a bolsa ou pertences
do consumidor após sucessivos travamentos da porta, mas isso deveria ser realizado em um 
espaço onde o consumidor não tivesse seus objetos pessoais expostos, como uma sala reservada.
Ela também afirma que o banco pode ser responsabilizado caso o funcionário seja descortês 
ou agressivo com o cliente. "Existem meios e meios de fazer cumprir a lei. Existem meios de
restringir objetos perigosos e pessoas mal intencionadas sem constranger o consumidor.
Você não pode presumir a má-fé do cidadão", esclareceu.
Marta explica que o usuário que sofrer constrangimentos graves pode procurar ressarcimento 
por vias judiciais. Para tanto, a primeira medida é registrar a situação junto à agência. 
Também é preciso coletar testemunhas que não sejam parentes ou amigos e que tenham
presenciado a ocorrência. O caso também deve ser registrado em uma delegacia.
Resposta da Febraban
Questionada, a Federação Nacional dos Bancos (Febraban) informou que, anualmente, 
R$ 9,4 bilhões são gastos pelas instituições financeiras tanto em sistemas de segurança
física quanto em segurança eletrônica, com o objetivo de garantir a integridade de seus
clientes e colaboradores.
Esses investimentos e o trabalho constante das instituições financeiras em parceria com 
governos, Polícias (Civil, Militar e Federal) e com o Poder Judiciário, para combater os
crimes e propor novos padrões de proteção, provocaram uma redução expressiva no número
de assaltos a banco no País, destacou o órgão.
De 2000 para 2010 houve uma queda de 82%, de 1903 ocorrências para 337. A queda da
criminalidade ocorre por causa de um conjunto de iniciativas e não por ações isoladas. 
A entidade também afirmou que não existem dados em relação ao volume de reclamações
dos usuários.
A Febraban também aconselha que as pessoas deixem objetos metálicos no escritório,
em casa ou no veículo quando se encaminharem às agências. E, quando for inevitável,
é necessário depositá-los no passa objeto. Os bancos orientam as empresas de segurança 
para que no processo de triagem da porta de segurança, o vigilante solicite ao cliente que
deposite no "passa objetos" o instrumento metálico que provocou o travamento automático 
da porta.

Fonte: O Estado do Paraná - Curitiba/PR 

 
 Quer mais noticias  a este respeito...

"CONSTRANGIMENTO EM PORTA DE..."



Outros fatos...relacionados com agencias bancária....
AÇÕES JUDICIAIS
http://www.feebpr.org.br/acoesjudiciais/bancos_dano_moral.htm

Mais...

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Governo envia ofício atualizando mínimo para R$622,73 em 2012

 
 
 
 
 


 

 
SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério do Planejamento enviou nesta segunda-feira ofício ao Congresso pedindo a atualização do valor do salário mínimo no ano que vem para 622,73 reais.
Segundo informações da Agência Câmara, a diferença de 3,52 reais em relação ao valor inicialmente proposto se refere à elevação da estimativa do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que reajusta o mínimo.
O aumento na projeção do índice consta do ofício enviado pelo Planejamento ao Congresso, com o objetivo de atualizar os parâmetros econômicos da peça orçamentária para o ano que vem.
Inicialmente, a projeção de inflação pelo INPC era de 5,7 por cento para este ano o que, somada a taxa de crescimento do Produto Interno Bruto do ano passado, de 7,5 por cento, resultava em um reajuste do salário mínimo de 13,6 por cento, para 619,21 reais.
A estimativa do INPC foi reajustada para 6,65 por cento, com isso o reajuste do mínimo passa para 14,26 por cento em relação aos 545 reais atuais.
Ainda de acordo com as informações da Agência Câmara, com a mudança, os gastos do governo com o Regime Geral da Previdência Social subirão 6,5 bilhões de reais em relação ao projeto original, para 320,4 bilhões de reais no ano que vem.
A diferença terá de ser coberta pelo relator geral do Orçamento no Congresso, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP).



 
E só imaginar que o salário vai subir ano que vem, mas o comércio com certeza já se antecipou no aumento dos básicos do dia...
E só conferir para ver...


Fonte:

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Jui e Promotor se menifestam sobre ameaças

                   NOTA À IMPRENSA


Em face de notícia veiculada acerca de um suposto assalto ocorrido recentemente em uma propriedade rural então pertencente ao Juiz Flávio Prado Kretli, mas que na verdade objetivava intimidar a atuação daquela autoridade, vimos a público esclarecer que todas as circunstâncias da ação delituosa estão sendo regularmente apuradas pelos órgãos competentes, principalmente a correlação deste atentado à trama anteriormente engendrada no interior do presídio local há poucos meses, visando matar as autoridades locais, inclusive o Promotor de Justiça Hélio Pedro Soares, ou mesmo com uma possível retaliação pela recente morte de um envolvidos no interior de um presídio, em decorrência de suicídio.

Os autores da ardilosa trama foram identificados, presos e respondem à ação penal por formação de quadrilha e coação no curso do processo, estando atualmente em regime disciplinar diferenciado, por questões de ordem pública, sobretudo por caracterizar ofensa ao Estado Democrático de Direito.

Temos enfrentado esses obstáculos ao regular exercício da nobre função Estatal, porém com muita serenidade e responsabilidade, cônscios de que as ameaças são em verdade contra a sociedade e certos de que o mal jamais irá sobrepor-se ao bem.

Não desafiamos ninguém, nem aceitamos desafio algum, somos apenas servidores públicos bem remunerados pela população, com dois objetivos básicos, trazer segurança e paz ao meio social e esses são exatamente os pilares de nossa atuação, sempre pautada e amparada na observância de todas as garantias legais e constitucionais.


Flávio Prado Kretli
Juiz de Direito


Hélio Pedro Soares
Promotor de Justiça

http://www.tonoticias.jor.br/?secao=ler_noticia&ID=8301

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Teófilo Ottoni, a República e a utopia do Mucuri


» 

NILMÁRIO MIRANDA

FOTO: DUKE
Teófilo Benedito Ottoni tinha 15 anos quando foi proclamada a Independência do Brasil. Seu pai, Jorge Benedito, ardente patriota, creu ter chegado a hora dos brasileiros terem oportunidade do estudo e da ascensão social. Ledo engano. Quatro dos seus 11 filhos foram para o Rio de Janeiro estudar na Academia da Marinha em 1826. "Os filhos dos grandes, inda que idiotas, tinham o direito de assentar praça de guardamarinha e os descendentes de quatro avós nobres a de aspirantes. Isto, antes mesmo de se matricularem na Academia", escreveu Ottoni.
Mente brilhante, foi o primeiro aluno em todas as matérias e derrotou os privilégios, recebendo a graduação em guarda-marinha, fato sem precedente. Pelo resto de sua vida defendeu e se pautou por valores republicanos como merecimento, igualdade, utilidade, a virtude entendida como dedicação à causa pública em oposição ao sistema de privilégios, vantagens, títulos de nobreza, comendas, a diferenciação pelo sangue e origem familiar das castas nobiliárquicas.
Além de sólida formação técnica, Ottoni aprendeu rebeldia política, bebendo os ensinamentos de Thomas Jefferson, dos enciclopedistas e dos clássicos. Foi precursor dos direitos humanos ao reconhecer a humanidade dos escravos e dos índios botocudos do Mucuri, ao se opor aos horrores das prisões arbitrárias e defender a presunção da inocência na vigência do despotismo, defensor intransigente da liberdade de imprensa e do alargamento das liberdades individuais e coletivas em plenos anos absolutistas. Adepto e praticante da tolerância, do civilismo, da compaixão, não hesitou em passar da arma da crítica à crítica das armas, exercendo o direito de resistência à tirania, baseado em são Thomaz e na revolução americana.
Derrotado em Santa Luzia em 1842, escolheu ser preso ao invés de fugir para discutir suas razões nos tribunais. Após um ano e meio de prisão em Ouro Preto, fez sua própria defesa em Mariana, foi absolvido e depois anistiado. Frustrado com o encolhimento do espaço público pelos tentáculos do leviatã imperial, Ottoni foi embriagado por um projeto grandioso.
No sertão inóspito das brenhas do Vale do Mucuri, implantar um projeto farol, como um falanstério republicano. Através da Companhia de Comércio e Navegação do rio Mucuri, construiu uma estrada de rodagem de 180 km, estradas articuladas com navegação fluvial e cidades: Jacuri, Capelinha e Filadélfia (esta última, desde 1878 recebeu o nome de Teófilo Ottoni). Uma cidade cosmopolita que acolhia índios, negros, brasileiros, alemães, chineses, franceses, portugueses, belgas, suíços; homens livres com direito à propriedade. Em tempo recorde brotam ali oficinas, armazéns, serrarias, quartéis, escolas, igrejas católica e luterana.
Em contraposição à sociedade imperial e sua corte cheia de parasitas, conservadora, autoritária, defendia a livre circulação de homens, produtos e idéias. Queria libertar sua terra natal, a comarca do Serro (área que contemplava Minas Novas, Diamantina e todo o Norte mineiro), do isolamento. Uma carga que levava 80 dias pela Estrada Real chegará em 30 dias e uma carta que antes demorava 31 dias para chegar ao destino passa a levar 12 dias. Temerosos da força política e moral que adviria dali, a Companhia do Mucuri é encampada.
Ottoni, arruinado fisicamente pela malária contraída nos pântanos do Mucuri, empobrecido e tolhido pela incompreensão, encontra forças para voltar à vida política. Sua famosa "Circular aos Eleitores Mineiros" incendeia o imaginário e ele lidera uma maré democrática a partir de 1860, colocando em xeque o Poder Moderador, a censura e o sistema eleitoral corrompido. Torna-se o político mais popular do país.
Foi vereador, deputado provincial, deputado geral e senador. Incorruptível, manteve-se fiel aos princípios. Como disse Heloísa Starling: "Narrar a aventura política de Teófilo Ottoni é um gesto de luta contra o tempo, um modo de convocar para algo que ainda não aconteceu, algo que permanece como esperança".
No dia 27 de novembro completam- se 200 anos de nascimento de Teófilo Benedito Ottoni no Serro. É uma nova data que merece ser tornada célebre (celebrada), trazida à memória (comemorada) e chamada de volta ao coração (recordada).

Jornalista, autor do livro "Teófilo Otoni, a República e a Utopia do Mucuri"



Prefeita recebe novo delegado chefe do 15º DPC

de Teófilo Otoni

A prefeita de Teófilo Otoni, Maria José e a chefe de Gabinete, Liliane Menezes, receberam na tarde desta segunda-feira (7), no gabinete do Executivo, o delegado regional de Polícia Civil, Alberto Tadeu Cardoso de Oliveira e Antônio Carlos Alvarenga Freitas. Alvarenga assumiu, recentemente, a chefia do 15º Departamento da Polícia Civil de Teófilo Otoni.
Maria José agradeceu a visita de cortesia e elogiou o trabalho da Polícia Civil em Teófilo Otoni. “É importante estabelecermos esse laço entre Polícia e Executivo para que possamos apoiar o trabalho da Corporação na redução da violência em nosso município, pois sabemos a segurança para nossa gente é uma prioridade para nós” – enfatizou a prefeita.
Alberto Tadeu, Antônio Carlos Alvarenga, Maria José e Liliane Menezes (Foto: Sérgio Guimarães)

Notícias relacionadas:
  1. Teófilo Otôni recebe visita de representantes da Itália
  2. Vice-prefeito recebe representante do Exército e Tiro Guerra
  3. Prefeita empossa novo Secretário de Administração
  4. Prefeita Maria José recebe vereadores em seu gabinete
  5. Maria José recebe IFET de Teófilo Otôni


Neymar assina novo contrato com Santos, frustra espanhóis

Neymar em ação pelo Santos; atacante sinalizou sua vontade de seguir no país até 2014
Neymar em ação pelo Santos; atacante sinalizou sua vontade de seguir no país até 2014
09/11/2011 - 14h31

e deve ficar até 2014

 Neymar assinou um novo contrato com o Santos nesta quarta-feira e deve ficar no clube até 2014. O jogador vai ganhar cerca de R$ 3 milhões mensais e verá sua multa rescisória crescer, frustrando os diversos clubes europeus que estavam interessados no seu futebol. O anúncio oficial será feito às 15h, na sede do clube litorâneo, pelo presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro.

O acordo foi confirmado à reportagem por Wagner Ribeiro, empresário de Neymar, que está a caminho de Santos. O contrato só foi firmado por conta de uma parceria entre o Santos e o Banco do Brasil, que pagará parte do salário milionário do camisa 11. "Ele está feliz e quer ficar aqui até 2014. Aí depois ele vai decidir para onde vai", disse Wagner Ribeiro. 
Com o novo compromisso, Neymar acaba com as especulações sobre uma possível ida ao futebol espanhol. A possível transferência do atacante para Real Madrid ou Barcelona chegou a ser dada como certa por diversos veículos de imprensa, mas não deve acontecer tão cedo. 
Neymar já tinha contrato com o Santos até 2014, mas queria um salário maior para garantir sua permanência no clube. Atualmente, o jogador ganha cerca de R$ 1,5 milhão por mês, incluindo participações em campanhas publicitárias. 
O interesse do Banco do Brasil por Neymar já havia sido divulgado pelo Blog do Perrone. A instituição financeira entrou em contato com o Santos interessada em montar uma campanha estrelada por Neymar e Ganso. Segundo o jornalista do UOL Esporte, o estafe do meia acredita que a direção alvinegra tenha desestimulado a empresa a incluir o camisa 10 no negócio, por não receber pela participação do mesmo.
Aos 19 anos, Neymar vive o melhor momento da carreira. Campeão da Libertadores pelo Santos, ídolo incontestável da torcida e titular da seleção brasileira, ele concorre ao título de melhor da temporada atuando em um clube do Brasil. A eleição contra Messi e Cristiano Ronaldo, no fim do ano, pode coroar um ano praticamente perfeito para o atacante. 
 Neymar é fotografado assinando seu novo vínculo com o Santos Divulgação/Santos FC